Por que devo filtrar a água?

A água passa por um longo caminho até chegar na nossa casa, nesse caminho, nem sempre é tão limpo quanto deveria ser para ser ideal para consumo. Assim, precisa ser filtrada para ser consumida pelo ser humano. Saiba como é o funcionamento de um filtro e porque é tão importante filtrar a água.

POR QUE FILTRAR A ÁGUA?

O filtro atua basicamente como uma peneira, cuja função é reter as impurezas (areia, barro, lodo, ferrugem, algas, géis) suspensas na água, deixando-a totalmente livre de detritos sólidos, resíduos e partículas presentes em grande quantidade na água fornecida pela rede pública ou de poços. Essas águas, originam-se de fontes que pode ou não estar contaminada, elas passam por uma estação de tratamento, aonde é retirada a maioria das impurezas e são adicionados elementos para ajudar no tratamento, como o cloro. Em seguida, passa por encanamentos, que podem estar sujos, enferrujados e até conter micro-organismos que podem causar doenças.

COMO ACONTECE A FILTRAÇÃO?

Existem diversos tipos de filtros e elementos filtrantes no mercado, com valores diversos e funcionalidade também. O nível de limpeza varia de acordo com o modelo e de fabricante, podendo ir de P1 (o mais intenso, que retém mínimas partículas) ao P6, o mais básico.

Os elementos filtrantes são diversos, podendo ser mais simples, como as velas de filtro de barro, o carvão ativado e os filtros de osmose reversa. Nos filtros de vela, as impurezas são retidas dos poros da vela. O mesmo acontece com os outros modelos, porém eles são indicados para filtração de gases poluentes e do ar.
Os mais simples, retém apenas as impurezas, mais práticos e mais baratos. Os mais intenso e sofisticados, são capazes de refrigerar a água e podem ter funções específicas para auxiliar na filtração.

A filtração não altera o gosto ou a cor da água, eles retém os micro-organismos que contém na água sem tratamento, deixando passar apenas a água e seus minerais.
Independente de qual modelo você escolher, é importante verificar o selo de certificação do INMETRO no produto e mantê-lo sempre limpo e bem cuidado.

E SE EU NÃO FILTRAR A ÁGUA?

As consequências de consumir água sem ser filtradas, podem ser sérias para a saúde. A água pode até não ter gosto, cheiro ou cor estranha, mas pode ter bactérias e parasitas causadores de várias doenças e sintomas, como náusea, vômito, diarreia, febre, fadiga, perda de apetite, dores no corpo e até desenvolvimentos de brotoejas, cólera e outras doenças.

O cloro, como já vimos aqui, mesmo sendo um poderoso combatente a esses parasitas, deve ser utilizado apenas durante o tratamento de água, mas além de ser cancerígeno, pode ser abortivo também.

QUANDO TROCAR O FILTRO?

O teor de cloro, de matéria orgânica e de outros contaminantes influenciam diretamente na vida útil e eficiência do elemento filtrante. Os filtros saturam pela quantidade de partículas retidas e não pelo volume de água filtrada.

Uma boa forma de saber se está na hora de fazer a limpeza do purificador é observar o fluxo da água. Se estiver menor que o usual, é hora de trocar o filtro.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *